Vale a pena investir em materiais impressos?

Não se pode negar que, a cada dia, a utilização de mídias digitais para divulgação de produtos e serviços está cada vez mais presente dentro das empresas. Nos últimos anos o mercado de publicidade digital cresceu, e continua crescendo significativamente.

O avanço tecnológico contribui para que as pessoas se mantenham cada vez mais conectadas, e é comum se questionar se ainda vale a pena investir em materiais impressos para a divulgação de campanhas ou deve-se esquecer do mundo off-line e investir apenas no meio digital?

Por mais que a divulgação pela internet seja eficaz, proporcione uma possibilidade maior de interação com o público e permita medir resultados com maior precisão, a tradicional forma de propaganda, ainda permanece firme e forte.

O on-line não substitui o off-line, eles trabalham juntos para que a empresa alcance os resultados desejados.

Isso por que, uma propaganda virtual compete com diversas distrações: e-mails, mensagens, vídeos, notícias, jogos, etc. É difícil para o receptor da mensagem, dedicar completa atenção para uma propaganda na web.

O que não é o caso com materiais impressos, como por exemplo, panfletos e folders, eles conseguem prender a atenção do leitor e fazer com que ele realmente veja o que está sendo oferecido. A mensagem exibida é absorvida rapidamente pelo público, além deste ter a experiência palpável do material, de sentir o papel, a textura, o cheiro, sensações que não são possíveis no meio digital.

Hoje em dia, há diversas opções de acabamento para chamar ainda mais a atenção do cliente, papéis especiais, cortes diferentes e etc. Ter um cartão de visita, papel timbrado, catálogo de produtos e outros materiais impressos contribui muito para a imagem da empresa no mercado e consequentemente no aumento das vendas.

É indispensável encontrar um equilíbrio quando se planeja investir em divulgação, aproveitando os recursos e vantagens tanto da divulgação virtual quanto da física.



Deixe uma resposta